Coisas que achamos que só nós é que sabemos!

* coisas novas

* Parv Olímpicos

* coisas antigas

* Junho 2012

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

Em destaque no SAPO Blogs
pub
Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

Parv Olímpicos

Já vem fora de tempo, mas ainda assim tinha de deixar alguma prosa sobre os Jogos Olímpicos.

 

Além de não perceber o porquê de certas modalidades persistirem, há outras que não se percebe que fiquem de fora.

 

Só devia ser considerado desporto qualquer actividade física que se possa combinar com o pessoal. Uma futebolada, bater umas bolas, dar umas tacadas, ou até uma moedinha ou atirar umas setas.

 

Nunca soube de ninguém que combinasse com os amigos:

 

- ‘Bora’í ver quem consegue atirar um pau mais longe, ou uma bola de ferro, ou uma bola de ferro presa a um fio.

- ‘Bora’í ver quem consegue saltar mais longe, mas podemos dar primeiro dois saltos (e porque não só um ou dois?).

- E se fôssemos ver quem consegue saltar para a água com mais estilo? A Melinha pode ser o júri.

 

Aliás, actividades que impliquem mostrar quem é mais habilidoso e dependem de um júri, nem deviam ser consideradas desporto. Senão, porque não a inclusão do skate, BMX, patins-em-linha, kite, ou, até, atirar um seixo para ver quem consegue que ele dê mais saltinhos na água?

 

Há que dizê-lo com frontalidade. Os Jogos Olímpicos estão cheios de modalidades parvas.

 

sonidos: Há zero a zero
a modos que:
tags:
publicado por Miguel O às 23:16
ligação do post | diga as suas coisas | favorito

* nada a declarar

* procurar coisas

 

* Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30

* tags

* todas as tags

RSS